A Rinoplastia Pode Dar Errado? Entenda!

Existem alguns fatores que dizem que a rinoplastia pode dar errado. Isso não é exclusivo dessa técnica. Qualquer cirurgia tem um grau de risco e de um resultado ruim além de poder ter uma recuperação descuidada ou complicações futuras.

Portanto, para que esses contratempos não aconteçam, reforçamos uma maior pesquisa do paciente em tomar a sua decisão de passar ou não pela intervenção e a avaliação do médico, antes de escolher quem vai mudar o seu corpo.

O nariz é uma parte muito visível do corpo e por isso, o mínimo detalhe que saia errado na rinoplastia é muito complicado para a pessoa conviver com ele depois. Neste artigo, vamos te mostrar o que pode acontecer e como evitar uma situação desagradável depois.

A Rinoplastia Pode Dar Errado? Entenda!

Como podemos dizer que a rinoplastia pode dar errado?

  • Incapacidade e inexperiência do profissional de diagnosticar o que realmente deve ser feito, além de usar equipamentos não apropriados para realizar o procedimento.
  • Falta de comunicação entre médico e paciente. A rinoplastia além de um processo estético, ela inclui dados de proporção de tamanho, volume, individuais a cada paciente.
  • A idealização do resultado também causa erros. Muitas pessoas não são indicadas a fazerem alguma mudança plástica por terem uma pele muito grossa, etc.
  • O cirurgião deve avaliar se o paciente tem o chamado desvio de septo, saber a quantidade de cartilagem deve ser retirada, reposicionada e músculos também. Erros na execução podem acontecer.
  • A fibrose é uma das falhas que afirmam que a rinoplastia pode dar errado. Ela é o tecido cicatrizado que pode criar um excesso de pele, deformidades nas cartilagens e outras após a intervenção.
  • Outros fatores como, o uso de cocaína, traumatismos adquiridos ou de nascença, outras rinoplastias mal feitas, acidentes. Essas condições estão incluídas nesses fatores.

Como cada caso é um caso, com certeza há uma porção de erros que não citamos aqui. O comportamento do organismo é uma verdadeira incógnita. Com a Medicina podemos prever muita coisa, mas sempre há a margem de falha no tratamento, na intervenção.

Como tomar cuidado com o procedimento?

Em primeiro lugar, procure saber do histórico do cirurgião, se ele é reconhecido e tem o nome na Sociedade de Cirurgia Plástica. Depois tire todas as suas dúvidas, das mais simples às mais complexas, não deixe de perguntar nada para o médico.

O mais importante, saber se realmente você está pronto para sofrer esse tipo de procedimento. Sim, sem a sua certeza do que quer, como seguir adiante com essa meta? Lembre-se que é uma mudança para a vida toda e que uma vez feita, está feita.

Também leve a orientação médica a sério, faça o repouso adequado, não deixe de avisar se algo acontecer e seja o primeiro a avaliar o resultado final e dar o seu feedback para o especialista.

Se ele disser que a rinoplastia não é para você, que a estrutura anatômica do seu nariz não dá margem para um resultado positivo, não duvide. Você pode procurar outros médicos, se a resposta for a mesma, é melhor você pensar duas vezes antes de ter esse desejo de novo.

A gente acha que sempre podemos mudar, mas muitas vezes, aquilo pode piorar a sua imagem, do que te trazer mais bem-estar e funcionalidade. Por isso, infelizmente podemos dizer que a rinoplastia pode dar errado, mas o saldo geralmente é seguro e positivo. Veja mais Dr. Rummennig Albuquerque.

Sobre Fice

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *